Informática Biomédica
 
É a área que cuida do desenvolvimento de softwares e equipamentos eletrônicos para serem usados nas áreas biológica e médica. O bacharel em informática biomédica cria softwares que otimizam os trabalhos em hospitais, clínicas médicas, centros de saúde, laboratórios e núcleos de pesquisa. Com conhecimento em ciência da computação e ciências médicas, cria, aperfeiçoa e adapta equipamentos eletrônicos móveis para a realização de exames. Desenvolve e implanta softwares para análise de exames laboratoriais e de arquivamento de dados de pacientes. Pode ainda comandar um projeto de informatização de todo um centro médico. É de sua responsabilidade a criação e a implantação de sistemas digitais de transmissão de imagens radiológicas e a manutenção desse sistema para que não haja falhas na imagem recebida pela equipe médica ou pelo pesquisador. Também atua na área de bioinformática, ou seja, criando softwares específicos para auxiliar os estudos em biotecnologia, como a construção de um banco de dados sobre os genes e proteínas de organismos vivos.

O curso

Por enquanto, apenas a USP-Ribeirão Preto oferece o curso. Nos dois primeiros anos, os alunos estudam anatomia na Faculdade de Medicina e Ciências Exatas no Departamento de Física e Matemática da Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras. Nos demais anos, o curso é dividido em três áreas: bioinformática, processamento de sinais e gerenciamento em saúde pública. A grade curricular é recheada de matérias como cálculo diferencial, estatística, engenharia de software, redes de computadores, inteligência artificial, anatomia, biologia celular, genética, geoepidemiologia e fisiologia. Inglês instrumental também faz parte do currículo.
Duração média: quatro anos.
 

Onde Estudar?
 

Ver Outro Curso
  Clique Aqui
 

Mesma Categoria
 

 

Twitter Facebook Youtube
DF | Goiás | Mato Grosso | Minas | Tocantins | Editora Opirus         
Grupo Olimpo - Todos os direitos reservados.